ATLÂNTIDA – Os mestres de luz – 35.000 anos a.C.


Chegaram, então, à Terra, os povos da Raça Azul, com corpos etéricos, fluídicos, que já vinham estudando a Lemúria, com mentes não corpóreas, que podiam se projetar no mundo material e que começaram a interagir com os corpos do nosso povo Lemuriano.
Comunicavam-se por imagens, através das mentes. A linguagem escrita e falada só apareceu depois, quando necessária.
Suas mentes andróginas se dividiram em duas consciências (feminina e masculina), de acordo com os corpos dos lemurianos em quem se projetavam.
Com o tempo, eles se tornaram viciados nos prazeres da vida e do sexo, movendo-se de um corpo  para outro.
Eles progrediram nessa simbiose evolutiva e procriaram.  Mas, à medida que isso acontecia, suas habilidades telepáticas foram diminuindo e sua memória natal se desvanecendo.

Para isso, passaram-se milhares de anos.

comprando o livro:

https://lilimachadotii.wordpress.com/onde-comprar/

Anúncios

2 pensamentos sobre “ATLÂNTIDA – Os mestres de luz – 35.000 anos a.C.

  1. Parabéns por mais esse trabalho. Continue escrevendo! Acho que existe um pouco de pscografia inconsciente ou quem sabe um mergulho no mar do inconsciente coletivo dos milhões de anos de nossa civilização na terra. A propósito você já leu a saga “Ayla a filha da terra”, se não leu, vale a pena são 5 volumes, cada um melhor que o outro e de repente pode te ajudar a entender melhor um dos elos perdidos da história da humanidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s